Make your own free website on Tripod.com

Ecologia de Populações

Começo | Densidade e Abundância | Distribuição Espacial | Demografia | Dependencia de Densidade | Historia Vital e Estratégias Reprodutivas | Tabelas de Vida | Crescimento Populacional | Dependencia e Independencia da densidade | Regulação populacional | Competição | Respostas funcionais e numéricas | Predação | Escala | Habitat e Nicho | Meta-Populações | Mapa da disciplina

Demografia

 Demografia: descrição quantitativa da população, estatísticas vitais da população

          Ciclo de vida

         Iteroparidade contra. semelparidade

         Estrutura etária, proporção sexual

         Crescimento Populacional

.

Demográfos Populacionais Pioneiros e suas Idéias

Platô - atribuiu a regulação populacional a balance entre a fertilidade e a imigração atuando juntos com a mortalidade e emigração atuando juntos do outro lado. Ele afirmou que as guerras e pestilenciais foram as causas principais da mortalidade, e mencionou que a esterilidade relativa tem origem nas condições sociais.

Machiavelli (1523) - reconheceu o perigo das populações humanas aumentando aquém da capacidade de subsistência em áreas limitadas. Nestas circunstancias, ele afirmou que as populações são controladas pelo desejo e doença.

Giovanni Botero (1588) - publicou "A Grandeza das Cidades", na qual ele escreveu que o crescimento das populações fosse inibido pela falta de recursos. agressivos tais como a guerra, assinado, etc. Ele mencionou o fome, doença, guerras, e vários catástrofes como causes freqüentes da retardia do crescimento populacional, mas achou que a limitação fundamental fosse produzido pelo desejo ou fome ("os frutos da Terra não são suficientes para alimentar um número maior"). Ele reconheceu que um aumento de densidade com a intensificação da mortalidade provocada pelas doenças e vários atos agressivos tais como a guerra, assinado, etc.



John Graunt (1662) - construiu uma tabela de mortalidade e sobrevivência a base de 100 pessoas por década: a primeira tabela de vida. Cole (1957) considerou Graunt como o pai da demografia. Graunt também estimou a taxa de crescimento populacional potencial da cidade de Londres, afirmando que a população cresceria duas vezes em 64 anos sem a imigração



Dewitt (Holanda) e Halley (Inglaterra) - construiu tabelas de vida a base da distribuição da freqüência da idade da morte. Ambos trabalharam no século 17.



Hale (1677) - foi o primeiro para afirmou que as populações humanas aumentarem à uma taxa geométrica. Ele também estimou que a população humana poderia dobrar em 35 anos, mas logo não teria como ganhar sua subsistência. Ele atribuo essa limitação populacional à fome, doença, guerra, e catástrofes



Quetelet (1835) - era um matemático Belga que afirmou que as populações são estabilizadas pelo balance entre sua potencialidade de crescimento geométrico e sua resistência ao mesmo crescimento que aumenta ao quadrado à taxa de crescimento

Verhulst (1838) - também era um estudante Belga de Quetelet. Ele desenvolveu uma equação para descrever o crescimento populacional. Ele chamou a relação resultante dessa equação a curva "logística". Verhulst avaliou o ajuste desta curva com dados de algumas populações humanas na Europa ocidental. Sua equação caiu no esquecimento até que Pearl e Reed (1920) desenvolveram em forma independente a mesma equação, e posteriormente descobrirem o trabalho de Verhulst numa revisão da bibliografia

Doubleday (1841) - acreditou que quando uma espécie for ameaçado por falta de alimento, a fertilidade aumentou e mais proles nascerem. Mas, também ele acreditou que quando o alimento é abundante, a fertilidade cai. Doubleday chamou sua teoria "A Verdadeira Lei de População". Suas idéias provavelmente originarão de suas observações dos grupos sociais humanos ricos e pobres, e de certas características das plantas. Doubleday achou que a fertilidade reduzida foi causada por se alimentar demais, mas controlado por algum mecanismo fisiológico direito.

William Farr (1843) - estudou as populações humanas da Inglaterra e encontrou que dentro de limites que a mortalidade aumenta como o raiz sexto da densidade. Pesquisas recentes corroboram os descobrimentos de Farr

Thomas Malthus - Ensaio sobre populações humanas (século 18)
. Integrou as idéias anteriores e popularizou-os.
. Enfocou nos problemas.
. A população humana aumentou exponencialmente mas o suprimento de alimento somente aumentou aritmeticamente:

A chalkboard; Size=130 pixels wide



Ecologia de Populações